Secretaria de saúde realiza 1ª Conferência de Saúde Mental no município - Prefeitura Municipal de Rio Verde
ACESSIBILIDADE
TAMANHO DA FONTE:
A+
A
A-
  • serviços Cidadão

  • serviços Empresa

  • serviços Servidor

  • consulta Processos

  • Acesso à
    Informação
+
postado em 15 abr 2010 em Secretaria de Saúde

Secretaria de saúde realiza 1ª Conferência de Saúde Mental no município

Agradecimentos e reconhecimento pelo trabalho realizado marcaram a abertura da 1ª Conferência de Saúde Mental em Rio Verde. O coordenador do Centro de Atenção Psicossocial – CAPS II e médico psiquiatra, José Victor Bicalho agradeceu sua equipe pela organização do evento, ao secretário de saúde, Paulo do Vale por conceder a oportunidade de sua concretização e ressaltou o trabalho da terapeuta ocupacional e supervisora técnica do CAPS Beija-flor de Goiânia , Carlene Borges Soares. “Agradeço sua preocupação em supervisionar o serviço em saúde mental, se deslocando de Goiânia para nos visitar”.

O médico e vereador Oduvaldo Ribeiro parabenizou o secretário de saúde pela 1ª Conferência de Saúde Mental a ser realizada no município e lembrou que problemas mentais não escolhem pessoas por sexo, idade e classe social, por isto a necessidade de todos participarem.

Em seu discurso, Paulo do Vale disse que cabe aos gestores facilitar o trabalho dos profissionais de saúde e que políticas públicas devem ser debatidas. “A conferência possibilita a população o direito de opinar para que possamos melhorar a assistência em saúde mental”. De acordo com o secretário, as sugestões serão acolhidas na Conferência Nacional em Brasília. “E que estas políticas venham para qualificar a saúde pública mental no Brasil, precisamos de recursos financeiros para prevenção, promoção e contratação de mais profissionais”.

O secretário lembrou enfatizou ainda a necessidade da implantação de mais unidades do CAPS, pois o município atende hoje menos de 10% de usuários. Para ele o município precisa ter uma cobertura de 100% e que o Ministério da Saúde já sinalizou a criação do CAPS AD (Álcool e drogas).


Segundo a terapeuta ocupacional, Carlene Soares, a Conferência surgiu em um contexto nacional devido à necessidade de se discutir os avanços no tratamento e a reinserção social dos portadores de doença mental. A Conferência Estadual está prevista para o início de maio em Goiânia e no final de junho acontece a 4ª Conferência Nacional de Saúde Mental em Brasília.
   
Saúde Mental
 
A rede de saúde mental pode ser constituída por vários dispositivos assistenciais que possibilitem a atenção psicossocial aos pacientes com transtornos mentais, segundo critérios populacionais e demandas dos municípios. Esta rede pode contar com ações de saúde mental na atenção básica, Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), serviços residenciais terapêuticos (SRT), leitos em hospitais gerais, ambulatórios, bem como com Programa de Volta para Casa. Ela deve funcionar de forma articulada, tendo os CAPS como serviços estratégicos na organização de sua porta de entrada e de sua regulação.                           
 2)       Rede de atenção psicossocial de acordo com o porte dos municípios.
 Os CAPS podem ser de tipo I, II, III, Álcool e Drogas (CAPS AD) e Infanto-juvenil (CAPSi).
Os parâmetros populacionais para a implantação destes serviços são definidos da seguinte forma:
Municípios até 20.000 habitantes - rede básica com ações de saúde mental
Municípios entre 20 a 70.000 habitantes - CAPS I e rede básica com ações de saúde mental
Municípios com mais de 70.000 a 200.000 habitantes - CAPS II, CAPS AD e rede básica com ações de saúde mental
Municípios com mais de 200.000 habitantes  - CAPS II, CAPS III, CAPS AD, CAPSi, e rede básica com ações de saúde mental e capacitação do SAMU.


A composição da rede deve ser definida seguindo estes parâmetros mas também atendendo a realidade local.

 

 

 

 

 

 


 

Compartilhe notícia:

Telefones úteis

Lista telefones da Prefeitura

Executivo

Gabinete do Prefeito

64 3602-8030

Órgãos e Empresas Públicas

Procuradoria Geral do Município

64 3602-8026

AMT - Agência Municipal de Mobilidade e Trânsito

64 3620-2069 / 3620-0007 e 156

IPARV – Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores de Rio Verde

64 2101-7100 , 2101-7101, 2101-7102

PROCON

64 3602-8600

AMAE/RV - Agência de Regulação dos Serviços Públicos de Saneamento Básico

64 3620-2065 / 9 9264-3896

Hospital Materno Infantil Augusta Bastos (HMIAB)

64 36

Ouvidoria - Prefeitura de Rio Verde (GO)

64 3602-8080

Departamentos

CMEI Professora Judith Iara Alves Augusto

64 99284-7521

EMEF Professora Maria Dulce Rocha Duarte Barbosa

64 3620-2011 / 9 9278-2472

CMEI Caminho da Vida

64 3620-3228

Secretarias

Secretaria de Planejamento e Gestão

64 3602-8040 / 3602-8087

Controladoria Geral do Município

64 3602-8055

Secretaria de Assistência Social

64 3602-8800

Secretaria de Turismo

64 3620-2146

Secretaria da Fazenda

64 3624-2400 / 2413

Secretaria de Educação

64 3602-8200

Secretarias

Secretaria de Saúde

64 3602-8100 - 64 3602-8123

Secretaria de Ação Urbana e Serviços Públicos

64 3620-2131 / 3620-2141

Secretaria Infraestrutura Urbana

64 3602-7200

Secretaria de Infraestrutura Rural

64 3620-0012

Secretaria de Desenvolvimento Econômico Sustentável

64 3620-4130

Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento

64 3612-1944

Secretaria de Esportes e Lazer

64 3620-2081, 3620-2042, 3620-2119

Secretaria de Meio Ambiente

64 3602-8400

Secretaria de Comunicação Social

64 3602-8001

Secretaria de Cultura

64 3620-2071

Secretaria de Habitação e Regularização Fundiária

64 3602-1281 / 64 992241507