ACESSIBILIDADE
TAMANHO DA FONTE:
A+
A
A-
  • serviços Cidadão

  • serviços Empresa

  • serviços Servidor

  • consulta Processos

  • Acesso à
    Informação
+
postado em 29 mar 2013 em Secretaria de Comunicação Social

Prefeitura decreta luto oficial por sete dias

 

O prefeito Juraci Martins, decretou nessa sexta-feira, 29, luto oficial em Rio Verde por sete dias. A medida tem como fundamento a morte no dia de hoje do ex-governador goiano Mauro Borges Teixeira que era nascido em Rio Verde. A partir da emissão do decreto todas as bandeiras (nacional, estadual e municipal) das repartições públicas da cidade deverão estar hasteadas a meio mastro como forma de homenagem a perda.

 

Juraci destacou o brilhantismo de Mauro Borges sendo um dos rio-verdenses mais ilustres do século 20, tendo escrito a história de Goiás com muita galhardia e sabedoria. “Consiste em uma perda irreparável para todo o nosso estado, nos rio-verdenses temos orgulho em saber que um gigante da política goiana como Mauro nasceu e cresceu em Rio Verde, expressamos a todos os seus familiares os mais profundos votos de condolências”, disse.

 

Mauro Borges morreu na manhã dessa sexta-feira, 29, em Goiânia com 93 anos de idade, estava internado desde o último dia 16 na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Anis Rassi onde deu entrada com início de pneumonia. Mauro estava respirando com a ajuda de aparelhos e morreu após falência múltipla de órgãos. Há cinco anos, ele foi diagnosticado com o mal de Alzheimer.

 

Quem foi Mauro Borges Teixeira?


Mauro Borges Teixeira nasceu em Rio Verde em 15 de fevereiro de 1920, filho do médico e ex-governador de Goiás Pedro Ludovico Teixeira, fundador de Goiânia e Gercina Borges Teixeira.

 

Foi militar do Exército Brasileiro, cursando a Escola Militar do Realengo e a Escola de Comando do Estado. Atingiu o posto na hierarquia militar de Tenente-Coronel, sendo promovido a Coronel quando foi para a Reserva. Começou sua carreira política em 1958, quando se candidatou a deputado federal. Dois anos depois foi eleito governador de Goiás, assumindo em 1961. Porém, foi deposto do cargo em 1964, pelo ato de intervenção em Goiás em consequência do golpe militar no Brasil. Mauro Borges foi preso no Rio Grande do Sul, em 1966, e teve os direitos políticos cassados.

 

A anistia veio em agosto de 1979, quando o político foi eleito presidente regional do então Movimento Democrático Brasileiro (MDB), que mais tarde se tornaria o Partido Movimento Democratico Brasileiro (PMDB). Em 1982, elegeu-se senador pelo PMDB e, em 1990, deputado federal pelo Partido Democrata Cristão (PDC).  Mauro Borges abandonou a política no término de seu mandato como deputado.

 

Governo


Em quanto governador foi montada uma administração ágil e operante, criou os concursos públicos, onde os funcionários públicos eram contratados pelos seus méritos, esse foi um de seus grandes feitos, pois tudo funcionava e bem. Criou o Consórcio Rodoviário, um fundo de reservas financeiras para viabilizar as construções de estradas, com isso viabilizou a construção de 11000 km de estradas.


Mauro Borges integrou Goiás no cenário econômico nacional, promovendo o crescimento das fronteiras econômicas por meio da retomada da Marcha para o Oeste e a implantação de uma reforma agrária que teve como o modelo oskibutz de Israel, organizado a partir da produção cooperativa. Além do Plano MB, como era chamado seu projeto para integrar o estado no cenário econômico nacional, Mauro Borges realizou também a conclusão do Aeroporto Santa Genoveva, da Usina Rochedo, da Usina de Cachoeira Dourada e a ampliação e reestruturação da CELG entre outras diversas instituições que foram criadas durante seu governo.

 

Campanha da Legalidade


Participou ativamente da Campanha da Legalidade em 1961, juntamente com o governador do Rio Grande do Sul, Leonel Brizola. Pelo apoio prestado aos legalistas recebeu o título de cidadão gaúcho, após a posse do presidente João Goulart.

 

O movimento tinha por fim defender a posse do vice-presidente João Goulart, tendo em vista a renúncia do então presidente, Jânio Quadros, em 25 de agosto de 1961. Alguns militares de alta patente e parte da sociedade brasileira eram contra a posse de Jango por considerá-lo aliado dos comunistas. Na ocasião da renúncia de Jânio, o seu vice estava em visita oficial à China, país comunista, fato que reforçou a tese dos favoráveis ao golpe.

 

O apoio de Mauro Boges chegou a transformar o Palácio das Esmeraldas, sede do governo estadual, em um quartel-general dos legalistas, utilizando a Rádio Brasil Central como difusora do movimento, na chamada rede da legalidade. Tal posicionamento criou atritos com as Forças Armadas, que mandou aviões da FAB sobrevoarem a capital goiana como forma de intimidação, a ameaça da invasão de Goiânia pelos militares chegou a causar pavor na população , tendo o governador cogitado armar a mesma para resistir.

 

Rio-Vendense, Mauro Borges morre aos 93 anos

Compartilhe notícia:

Telefones úteis

Lista telefones da Prefeitura

Executivo

Gabinete do Prefeito

64 3602-8030

Órgãos e Empresas Públicas

Procuradoria Geral do Município

64 3602-8026

AMT - Agência Municipal de Mobilidade e Trânsito

64 3620-2069 / 3620-0007 e 156

IPARV – Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores de Rio Verde

64 2101-7100 , 2101-7101, 2101-7102

PROCON

64 3602-8600

AMAE/RV - Agência de Regulação dos Serviços Públicos de Saneamento Básico

64 3620-2065 / 9 9264-3896

Hospital Materno Infantil Augusta Bastos (HMIAB)

64 36

Ouvidoria - Prefeitura de Rio Verde (GO)

64 3602-8080

Departamentos

CMEI Professora Judith Iara Alves Augusto

64 99284-7521

EMEF Professora Maria Dulce Rocha Duarte Barbosa

64 3620-2011 / 9 9278-2472

CMEI Caminho da Vida

64 3620-3228

Secretarias

Secretaria de Planejamento e Gestão

64 3602-8040 / 3602-8087

Controladoria Geral do Município

64 3602-8055

Secretaria de Assistência Social

64 3602-8800

Secretaria de Turismo

64 3620-2146

Secretaria da Fazenda

64 3624-2400 / 2413

Secretaria de Educação

64 3602-8200

Secretarias

Secretaria de Saúde

64 3602-8100 - 64 3602-8123

Secretaria de Ação Urbana e Serviços Públicos

64 3620-2131 / 3620-2141

Secretaria Infraestrutura Urbana

64 3602-7200

Secretaria de Infraestrutura Rural

64 3620-0012

Secretaria de Desenvolvimento Econômico Sustentável

64 3620-4130

Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento

64 3612-1944

Secretaria de Esportes e Lazer

64 3620-2081, 3620-2042, 3620-2119

Secretaria de Meio Ambiente

64 3602-8400

Secretaria de Comunicação Social

64 3602-8001

Secretaria de Cultura

64 3620-2071

Secretaria de Habitação e Regularização Fundiária

64 3602-1281 / 64 992241507