ACESSIBILIDADE
TAMANHO DA FONTE:
A+
A
A-
  • serviços Cidadão

  • serviços Empresa

  • serviços Servidor

  • consulta Processos

  • Acesso à
    Informação
+
postado em 05 out 2007 em Notícias

Preço de terra volta a subir: Áreas mais caras estão em Rio Verde

O jornal O Popular divulgou hoje,05, uma matéria relacionada ao aumento dos preços das terras rurais em Goiás, depois de um período de três anos de queda. Só nos últimos 12 meses as áreas para cultivo agrícola e pastagens aumentaram em média 26,1%, com destaque para a região de Cerrado agrícola no Entorno de Brasília, precisamente nos municípios de Formosa e Cristalina, que subiram 143,6%.

A valorização representa um sinal de que a crise no campo foi superada. No período de um ano, as maiores recuperações de preços das terras ocorreram, principalmente, em Goiás, Amapá, Acre, Alagoas, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul, Rio de Janeiro e Pará, conforme o relatório bimestral sobre Análise do Mercado de Terras, realizado pelo Instituto FNP, de São Paulo.

De acordo com o levantamento do Instituto FNP, as terras mais caras do Estado estão localizadas na região de Rio Verde, que engloba, entre outros, os municípios de Aporé, Caçu, Goiatuba, Mineiros, Santa Helena de Goiás e Jataí. Na região, o hectare de terra agrícola de alta produtividade de grãos vale cerca de R$ 6.359,00. Há um ano, o preço girava em torno de R$ 6.254,00.

 

Conforme os técnicos do Instituto FNP, começa a ficar evidente uma nova tendência de alta dos preços de terras em todas as regiões do País. Esse movimento é mais intenso nas Regiões Centro-Oeste, Sudeste e Sul, influenciado pela grande procura de terras para o plantio da cana-de-açúcar, além dos grãos tradicionais, como soja e milho. Os técnicos ressaltam que, salvo algum fato novo absolutamente imprevisto, a tendência de valorização das terras rurais deve se prolongar por vários meses.

Compartilhe notícia:

Telefones úteis

Lista telefones da Prefeitura

Executivo

Gabinete do Prefeito

64 3602-8030

Órgãos e Empresas Públicas

Procuradoria Geral do Município

64 3602-8026

AMT - Agência Municipal de Mobilidade e Trânsito

64 3620-2069 / 3620-0007 e 156

IPARV – Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores de Rio Verde

64 2101-7100 , 2101-7101, 2101-7102

PROCON

64 3602-8600

AMAE/RV - Agência de Regulação dos Serviços Públicos de Saneamento Básico

64 3620-2065 / 9 9264-3896

Hospital Materno Infantil Augusta Bastos (HMIAB)

64 36

Ouvidoria - Prefeitura de Rio Verde (GO)

64 3602-8080

Departamentos

CMEI Professora Judith Iara Alves Augusto

64 99284-7521

EMEF Professora Maria Dulce Rocha Duarte Barbosa

64 3620-2011 / 9 9278-2472

CMEI Caminho da Vida

64 3620-3228

Secretarias

Secretaria de Planejamento e Gestão

64 3602-8040 / 3602-8087

Controladoria Geral do Município

64 3602-8055

Secretaria de Assistência Social

64 3602-8800

Secretaria de Turismo

64 3620-2146

Secretaria da Fazenda

64 3624-2400 / 2413

Secretaria de Educação

64 3602-8200

Secretarias

Secretaria de Saúde

64 3602-8100 - 64 3602-8123

Secretaria de Ação Urbana e Serviços Públicos

64 3620-2131 / 3620-2141

Secretaria Infraestrutura Urbana

64 3602-7200

Secretaria de Infraestrutura Rural

64 3620-0012

Secretaria de Desenvolvimento Econômico Sustentável

64 3620-4130

Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento

64 3612-1944

Secretaria de Esportes e Lazer

64 3620-2081, 3620-2042, 3620-2119

Secretaria de Meio Ambiente

64 3602-8400

Secretaria de Comunicação Social

64 3602-8001

Secretaria de Cultura

64 3620-2071

Secretaria de Habitação e Regularização Fundiária

64 3602-1281 / 64 992241507