Palestrante da Embrapa fala sobre a cultura orgânica - Prefeitura Municipal de Rio Verde
ACESSIBILIDADE
TAMANHO DA FONTE:
A+
A
A-
  • serviços Cidadão

  • serviços Empresa

  • serviços Servidor

  • consulta Processos

  • Acesso à
    Informação
+
postado em 07 out 2011 em Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento

Palestrante da Embrapa fala sobre a cultura orgânica

 


  A Secretaria de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Meio Ambiente de Rio Verde, em conjunto com o Instituto Federal Tecnológico (I.F.T.) de Rio Verde e a Universidade de Rio Verde (Fesurv), promoveu a palestra “Sistema Integrado de Produção Sustentável: desafios e perspectivas”, nesta sexta-feira, 07, a qual teve como foco incentivar os produtores e entidades a produzirem alimentos orgânicos.   O palestrante, João Paulo Guimarães apresentou a proposta de desenvolver atividades com os produtores e trazer as tecnologias estudadas durante oito anos pela Embrapa. Ele explica que segundo dados do Censo de 2006, cerca de 90 mil produtores no Brasil são orgânicos e de lá para cá o crescimento tem acontecido em uma média de 30% ao ano. “Rio Verde é a segunda cidade  de Goiás a receber este curso e fiquei muito satisfeito com a recepção da cidade”, revelou o palestrante.   De acordo com a secretária de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Meio Ambiente, Marion Kompier, o palestrante é experiente na área de treinamento para a cultura orgânica e trouxe conhecimento para os presentes. “Agora estamos na fase de aprendizagem, para dar continuidade ao projeto e conseguir implantar esta cultura em Rio Verde”, finalizou.   A palestra faz parte do projeto que está sendo implantado no assentamento Vaianópolis. De acordo com o assessor da secretaria de Agricultura, Orlando Costa Mina Filho, deve acontecer uma transformação na cultura dos produtores, tanto para o plantio, como no cuidado com os animais. “Na cultura orgânica para os animais, o trabalho acontece desde a alimentação até o trato com o animal. Por exemplo, no caso das galinhas, um dos critérios para que ela seja orgânica é que elas não fiquem presas e possam botar os ovos no horário natural”, explicou o assessor.   Estava presente também a professora do curso de Agronomia da Fesurv, Regina Celi Vilarinho, que tem mobilizado entidades como: Cras, Peti, escolas urbanas e rurais, para participar da cultura orgânica. “Nosso objetivo é integrar as escolas a plantarem cultivos orgânicos em suas áreas, levando conhecimento para formar um grupo e aumentar a assistência técnica”, explicou.    

Conheça a agricultura orgânica:

  A agricultura orgânica está diretamente relacionada ao desenvolvimento sustentável. A agricultura orgânica ou agricultura biológica é o termo frequentemente usado para designar a produção de alimentos e outros produtos vegetais que não fazem uso de produtos químicos sintéticos, tais como fertilizantes e pesticidas, nem de organismos geneticamente modificados e geralmente adere aos princípios de agricultura sustentável. A sua base é holística e põe ênfase no solo. Os seus proponentes acreditam que num solo saudável, mantido sem o uso de fertilizantes e pesticidas feitos pelo homem, os alimentos tenham qualidade superior a de alimentos convencionais. Este sistema de produção, que exclui o uso de fertilizantes, agrotóxicos e produtos reguladores de crescimento, tem como base o uso de estercos animais, rotação de culturas, adubação verde, compostagem e controle biológico de pragas e doenças. Pressupõe ainda, a manutenção da estrutura e da profundidade do solo, sem alterar suas propriedades por meio do uso de produtos químicos e sintéticos.                                                                                   Fotos: Náira Penteado Participaram produtores e entidades que possuem interesse em produzir alimentos orgânicos    “Rio Verde é a segunda cidade  de Goiás a receber este curso", disse João Paulo Guimarães   A secretária Marion Kompier assistiu a palestra com os técnicos da agricultura   O palestrante, João Paulo Guimarães apresentou a proposta de desenvolver atividades orgânicas

 

 

Compartilhe notícia:

Telefones úteis

Lista telefones da Prefeitura

Executivo

Gabinete do Prefeito

64 3602-8030

Órgãos e Empresas Públicas

Procuradoria Geral do Município

64 3602-8026

AMT - Agência Municipal de Mobilidade e Trânsito

64 3620-2069 / 3620-0007 e 156

IPARV – Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores de Rio Verde

64 2101-7100 , 2101-7101, 2101-7102

PROCON

64 3602-8600

AMAE/RV - Agência de Regulação dos Serviços Públicos de Saneamento Básico

64 3620-2065 / 9 9264-3896

Hospital Materno Infantil Augusta Bastos (HMIAB)

64 36

Ouvidoria - Prefeitura de Rio Verde (GO)

64 3602-8080

Departamentos

CMEI Professora Judith Iara Alves Augusto

64 99284-7521

EMEF Professora Maria Dulce Rocha Duarte Barbosa

64 3620-2011 / 9 9278-2472

CMEI Caminho da Vida

64 3620-3228

Secretarias

Secretaria de Planejamento e Gestão

64 3602-8040 / 3602-8087

Controladoria Geral do Município

64 3602-8055

Secretaria de Assistência Social

64 3602-8800

Secretaria de Turismo

64 3620-2146

Secretaria da Fazenda

64 3624-2400 / 2413

Secretaria de Educação

64 3602-8200

Secretarias

Secretaria de Saúde

64 3602-8100 - 64 3602-8123

Secretaria de Ação Urbana e Serviços Públicos

64 3620-2131 / 3620-2141

Secretaria Infraestrutura Urbana

64 3602-7200

Secretaria de Infraestrutura Rural

64 3620-0012

Secretaria de Desenvolvimento Econômico Sustentável

64 3620-4130

Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento

64 3612-1944

Secretaria de Esportes e Lazer

64 3620-2081, 3620-2042, 3620-2119

Secretaria de Meio Ambiente

64 3602-8400

Secretaria de Comunicação Social

64 3602-8001

Secretaria de Cultura

64 3620-2071

Secretaria de Habitação e Regularização Fundiária

64 3602-1281 / 64 992241507