ACESSIBILIDADE
TAMANHO DA FONTE:
A+
A
A-
  • serviços Cidadão

  • serviços Empresa

  • serviços Servidor

  • consulta Processos

  • Acesso à
    Informação
+
postado em 22 dez 2006 em Notícias

Obras viárias devem ter R$ 280 milhões

O vice-prefeito de Rio Verde, Leonardo Veloso do Prado participou da solenidade de assinaturas de editais para recuperação de  rodovias em Goiás.

Entre os projetos anunciados ontem pelo governo federal está a construção do túnel na BR-153, no perímetro urbano de Goiânia

Rodovias federais em Goiás terão investimento de R$ 280,7 milhões em obras de infra-estrutura viária. A confirmação da injeção de recursos foi feita ontem, quando o diretor-geral do Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes (Dnit), Mauro Barbosa da Silva, esteve em Goiânia. Ele participou da assinatura de editais de licitação e contratos de execução de diversas intervenções na malha rodoviária federal no Estado, somando mais de 1,2 mil quilômetros de estrada.

Entre as obras que serão licitadas no primeiro trimestre de 2007 estão a restauração da BR-452, que liga Rio Verde a Itumbiara, uma das mais desgastadas em Goiás, e o estudo de viabilidade técnica visando à duplicação do corredor Goiânia-Cuiabá (MT), formado pelas rodovias BR-060, BR-364 e BR-070.

De acordo com o diretor-geral do Dnit, o goianiense Mauro Barbosa, a previsão é de que as obras de restauração da BR-452 tenham início no terceiro trimestre do ano que vem. O processo licitatório, iniciado ontem, terá duração de 90 dias, segundo explicou, e o segundo trimestre de 2007 será destinado à assinatura dos contratos com as empresas vencedoras. Só depois as máquinas entram na pista. Na rodovia, as obras atingirão quase 200 quilômetros de rodovia e custarão aos cofres da União mais de R$ 160 milhões. Os trabalhos serão licitados em três lotes distintos. A BR-452 faz a ligação entre duas rodovias federais, a BR-153, em Itumbiara, próximo à divisa de Goiás com Minas Gerais, e a BR-060, próximo a Rio Verde.

1,2 mil
quilômetros de rodovias federais devem sofrer intervenções, segundo expectativa do Dnit

Corredor
O diretor-geral do Dnit informou que a duplicação do corredor Goiânia-Cuiabá é prioridade para o governo federal. Até que o estudo técnico seja concluído, o que vai consumir cinco meses de trabalho e R$ 900 mil em investimento, Mauro Barbosa anunciou a realização de uma capa asfáltica em um dos trechos que compõem o corredor de transportes, na BR-060, entre Goiânia e Rio Verde. “Esta pista foi construída há mais de 25 anos e a vida útil do pavimento está comprometida”, frisou. Este trabalho, ressaltou, será desenvolvido ao longo de 2007.

A duplicação do corredor Goiânia-Cuiabá, no entanto, é assunto para 2008. “Até lá, vamos buscar garantir o fluxo de transporte entre Goiânia e Cuiabá, passando por Rio Verde e Rondonópolis, as principais cidades de produção agrícola da Região Central do Brasil.”

A BR-153, de acordo com o diretor-geral do Dnit, também tem recebido atenção especial do órgão federal. Segundo ele, a União já disponibilizou 100% dos recursos necessários para a duplicação da rodovia entre Brasília e Itumbiara. Próximo a este município, é necessária a construção de uma segunda ponte, que será executada em 2007.

Entre Brasília e Anápolis, destacou, o Dnit enfrenta problemas de erosão para concluir os poucos quilômetros que ainda faltam para finalizar a duplicação da via. Ele promete, no entanto, concluir toda a obra nos quatro meses que se seguirem ao final do período chuvoso.

Durante a solenidade para assinatura dos editais de licitação das obras que serão executadas pelo Dnit em Goiás, no Palácio Pedro Ludovico Teixeira, o governador Alcides Rodrigues ressaltou a importância da iniciativa. “O investimento no corredor Goiânia-Cuiabá tem relevância nacional por causa do impacto que terá no escoamento da produção agrícola”, discursou. De acordo com o governador, o investimento em infra-estrutura feito em Goiás não se resume a melhorias dentro do Estado. “Representa desenvolvimento para todo o País”, destacou.

Agetop
A Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop), anunciou, também ontem, que investirá R$ 15 milhões até o fim de março em obras de manutenção e de tapa-buracos em trechos mais críticos da malha rodoviária estadual. O trabalho visa melhorar o pavimento das rodovias e melhorar o tráfego durante o período de férias, quando o fluxo de veículos aumenta consideravelmente nas estradas.

Ao todo, 11 empresas já foram contratadas para a execução da segunda fase do Programa Terceira Via. Outras nove empresas estão prestando serviço em caráter emergencial. A Agetop recomenda atenção redobrada para motoristas que vão trafegar, nestas férias, por trechos de rodovias que estão passando por obras de manutenção, como as GOs 080, 206, 178, 210, 040, 154, 070, entre outras.  O Popular

Compartilhe notícia:

Telefones úteis

Lista telefones da Prefeitura

Executivo

Gabinete do Prefeito

64 3602-8030

Órgãos e Empresas Públicas

Procuradoria Geral do Município

64 3602-8026

AMT - Agência Municipal de Mobilidade e Trânsito

64 3620-2069 / 3620-0007 e 156

IPARV – Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores de Rio Verde

64 2101-7100 , 2101-7101, 2101-7102

PROCON

64 3602-8600

AMAE/RV - Agência de Regulação dos Serviços Públicos de Saneamento Básico

64 3620-2065 / 9 9264-3896

Hospital Materno Infantil Augusta Bastos (HMIAB)

64 36

Departamentos

CMEI Professora Judith Iara Alves Augusto

64 99284-7521

EMEF Professora Maria Dulce Rocha Duarte Barbosa

64 3620-2011 / 9 9278-2472

CMEI Caminho da Vida

64 3620-3228

Secretarias

Secretaria de Planejamento e Gestão

64 3602-8040 / 3602-8087

Controladoria Geral do Município

64 3602-8055

Secretaria de Assistência Social

64 3602-8800

Secretaria de Turismo

64 3620-2146

Secretaria da Fazenda

64 3624-2400 / 2413

Secretaria de Educação

64 3602-8200

Secretarias

Secretaria de Saúde

64 3602-8100 - 64 3602-8123

Secretaria de Ação Urbana e Serviços Públicos

64 3620-2131 / 3620-2141

Secretaria Infraestrutura Urbana

64 3602-7200

Secretaria de Infraestrutura Rural

64 3620-0012

Secretaria de Desenvolvimento Econômico Sustentável

64 3620-4130

Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento

64 3612-1944

Secretaria de Esportes e Lazer

64 3620-2081, 3620-2042, 3620-2119

Secretaria de Meio Ambiente

64 3602-8400

Secretaria de Comunicação Social

64 3602-8001

Secretaria de Cultura

64 3620-2071

Secretaria de Habitação e Regularização Fundiária

64 3602-1281 / 64 992241507