Importância da denúncia é o foco da passeata contra abuso sexual de menores - Prefeitura Municipal de Rio Verde
ACESSIBILIDADE
TAMANHO DA FONTE:
A+
A
A-
  • serviços Cidadão

  • serviços Empresa

  • serviços Servidor

  • consulta Processos

  • Acesso à
    Informação
+
postado em 18 maio 2011 em Secretaria de Assistência Social

Importância da denúncia é o foco da passeata contra abuso sexual de menores

Mais de 200 pessoas participaram da passeata em prol da Campanha do Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescente realizada na manhã desta quarta-feira, 18, partindo do Vapt-Vupt, na Avenida Presidente Vargas e seguindo até a Praça Gonzaga Jaime (dos Coqueiros), no Centro. A Superintendência Municipal de Trânsito e o grupo de atiradores do Tiro de Guerra garantiram a segurança do evento.

  Participaram do caminhada autoridades municipais como os secretários municipais Clarice Martins (Promoção Social), José Carlos Pimenta Cabral (Administração) e Lúcia Michalcyzk (Turismo), a Promotora da Infância e Juventude, Karina D’Abruzzo, a Delegada da Delegacia da Mulher, Renata Roberta Ferrari, além de servidores e populares.   Com faixas e apitos, os participantes chamavam a atenção dos comerciantes e de pessoas que circulavam pela Avenida, entregando panfletos educativos.   Clarice Martins destacou a relevância da manifestação nacional e a importância do engajamento de todos os segmentos da sociedade na Campanha, tanto família, como os Poderes Executivo e Judiciário, empresas e a população em geral. “Precisamos nos unir contra esse mal. A denúncia ainda é a melhor maneira para encontrar o abusador e deste modo tomar as medidas cabíveis,” disse.   Karina D’Abruzzo relatou que a promotoria tem feito, em várias cidades, movimentos relativos ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes e que a promotoria de Rio Verde apoia a manifestação, disponibilizando uma cartilha que traz uma linguagem fácil e bem explicativa sobre o assunto, cujo título é Abuso Sexual contra Crianças e Adolesceste não é Brincadeira!   Segundo ela, a sociedade precisa estar mais próxima de campanhas como estas e a cartilha, clara e objetiva, informa sobre a melhor maneira de proceder quanto a esse tipo de crime. O material contém dicas de como saber se a criança foi abusada, através de sinais físicos e comportamentais. “É importante ficar atento, pois a maioria dos casos de abuso sexual não deixa vestígios físicos e evidentes. Por isso, os pais precisam ficar atentos e denunciar sempre,” alertou.   A gestora do Creas, Maria de Lourdes, agradeceu o apoio de todos os funcionários da prefeitura, em especial ao Prefeito Juraci Martins, que não mede esforços para auxiliá-la na execução de projetos do Centro de Referência de Assistência Social. “Aproveito para agradecer também ao empenho da Dona Clarice para a concretização desta passeata.”   Para Fátima Vieira, que trabalha como doméstica, o movimento é muito importante. Segundo relatou, mesmo trabalhando bastante, sempre que pode orienta seus filhos e netos quanto ao assunto de abuso. “Sempre os oriento sobre essa questão e alerto para não conversar com estranho e nem aceitar nada de desconhecidos,” disse.   Para o comerciante, Divino Rosa, a passeata é uma maneira de gritar por aqueles que não tem voz. “Precisamos cuidar de nossas crianças. Quando um pequenino passa por situações de abuso, ele carrega um trauma por toda a vida. Precisamos contribuir para prevenir esse mal,” destacou.    
                                    Fotos:Jéssica Souto Clarice Martins e José Carlos Pimenta prestigiaram a passeata     Maria de Lourdes(Creas) ao lado de Karina D’Abruzzo(Promotora da Infância e Juventude)
  Um panfleto explicativo foi entregue durante o percurso
  Manifestantes ao som de apitos deixaram sua mensagem de conscientização
    Banner do projeto Bem me Quer foi levado por manifestante
 

Compartilhe notícia:

Telefones úteis

Lista telefones da Prefeitura

Executivo

Gabinete do Prefeito

64 3602-8030

Órgãos e Empresas Públicas

Procuradoria Geral do Município

64 3602-8026

AMT - Agência Municipal de Mobilidade e Trânsito

64 3620-2069 / 3620-0007 e 156

IPARV – Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores de Rio Verde

64 2101-7100 , 2101-7101, 2101-7102

PROCON

64 3602-8600

AMAE/RV - Agência de Regulação dos Serviços Públicos de Saneamento Básico

64 3620-2065 / 9 9264-3896

Hospital Materno Infantil Augusta Bastos (HMIAB)

64 36

Ouvidoria - Prefeitura de Rio Verde (GO)

64 3602-8080

Departamentos

CMEI Professora Judith Iara Alves Augusto

64 99284-7521

EMEF Professora Maria Dulce Rocha Duarte Barbosa

64 3620-2011 / 9 9278-2472

CMEI Caminho da Vida

64 3620-3228

Secretarias

Secretaria de Planejamento e Gestão

64 3602-8040 / 3602-8087

Controladoria Geral do Município

64 3602-8055

Secretaria de Assistência Social

64 3602-8800

Secretaria de Turismo

64 3620-2146

Secretaria da Fazenda

64 3624-2400 / 2413

Secretaria de Educação

64 3602-8200

Secretarias

Secretaria de Saúde

64 3602-8100 - 64 3602-8123

Secretaria de Ação Urbana e Serviços Públicos

64 3620-2131 / 3620-2141

Secretaria Infraestrutura Urbana

64 3602-7200

Secretaria de Infraestrutura Rural

64 3620-0012

Secretaria de Desenvolvimento Econômico Sustentável

64 3620-4130

Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento

64 3612-1944

Secretaria de Esportes e Lazer

64 3620-2081, 3620-2042, 3620-2119

Secretaria de Meio Ambiente

64 3602-8400

Secretaria de Comunicação Social

64 3602-8001

Secretaria de Cultura

64 3620-2071

Secretaria de Habitação e Regularização Fundiária

64 3602-1281 / 64 992241507