“Cultura Valorizada” terá por tema Rio Verde e Amarelo Copa Cultural - Prefeitura Municipal de Rio Verde
ACESSIBILIDADE
TAMANHO DA FONTE:
A+
A
A-
  • serviços Cidadão

  • serviços Empresa

  • serviços Servidor

  • consulta Processos

  • Acesso à
    Informação
+
postado em 04 jun 2010 em Secretaria de Cultura

“Cultura Valorizada” terá por tema Rio Verde e Amarelo Copa Cultural

 

Com o objetivo de valorizar cada vez mais o esporte na cidade e região e estimular a Antropologia, a partir do maior Campeonato Mundial de Futebol, a Prefeitura de Rio Verde, por meio da Fundação de Cultura, Secretaria de Educação Esporte e Lazer, Secretaria de Promoção Social e Superintendência de Juventude, convida toda a população para a 5ª Temporada do Projeto “Cultura Valorizada”, que se iniciará no próximo dia 14, um dia antes do primeiro jogo do Brasil, na COPA DO MUNDO 2010, que será realizada na África do Sul e terá como tema :   RIO VERDE E AMARELO COPA CULTURAL   A ideia é incentivar a pesquisa cultural em relação ao Esporte e a todos os países que se mobilizam em função desta importante e saudável atividade esportiva. A mobilização acontecerá a partir dos trabalhos de crianças, jovens e adultos, que buscarão informações de inúmeras culturas envolvidas com o futebol, além da história do país onde acontecerá a COPA 2010. Assim, os cidadãos brasileiros poderão se interar do lugar onde acontecerá o maior evento esportivo do Universo, além de se abastecerem de informações de todos os costumes e tradicões, de povos envolvidos com este grandioso Esporte. “Na primeira Copa do Mundo, em 1930, o Brasil nem de longe demonstrou que um dia seria a potência que é hoje no esporte. A seleção chegou ao Uruguai para a disputa do Mundial dividido e sem forças para lutar pelo título. A causa do racha era a briga entre paulistas e cariocas. Capital do Brasil na época do Mundial, o Rio de Janeiro era o grande centro financeiro, social, cultural e artístico. Mas com a economia brasileira baseada no café, São Paulo crescia rapidamente e assumia o comando político do país. A rivalidade crescente acabou se refletindo no futebol. A divergência entre a Confederação Brasileira de Desportos (CBD), essencialmente carioca, não convidou membros da Associação Paulista de Esportes Atléticos (Apea) para tomar parte da comissão técnica que iria ao Uruguai. Em retaliação, a Apea não permitiu que clubes de São Paulo liberassem jogadores à seleção. Apenas o atacante Araken Patuska conseguiu ir à Copa porque estava brigado com o seu time, o Santos. Sem poder contar com craques como Friedenreich, Feitiço e Del Debbio, a seleção brasileira fez uma campanha medíocre na primeira Copa do Mundo da história. Logo na primeira partida foi derrotada pela Iugoslávia por 2 a 1. Nesse jogo, o Brasil sofreu dois gols no primeiro tempo e, apesar de ter conseguido descontar na etapa final com Preguinho, não teve forças para obter a virada. A rivalidade dentro do país era tanta que, ao saber da derrota dos "cariocas" para a seleção iugoslava, uma pequena multidão aglomerou-se em frente aos jornais paulistas para comemorar a provável desclassificação do Brasil no Mundial. Quando entrou em campo para a segunda partida, diante da Bolívia, a seleção brasileira já estava eliminada da Copa do Mundo, porque três dias antes os iugoslavos haviam goleado os bolivianos. Assim, sem compromisso, o Brasil conseguiu a sua primeira vitória na história do Mundial: 4 a 0, com dois gols de Moderato e outros dois de Preguinho. Além da divisão entre Rio e São Paulo, a falta de experiência internacional e o rigoroso inverno uruguaio também foram apontados como causas do mau desempenho do Brasil. A famosa "tremedeira" de alguns jogadores diante dos zagueiros iugoslavos também foi imensamente divulgada na época da desclassificação precoce. Além disso, ficou evidente a falta de preparação física dos brasileiros, que piorou graças à desgastante viagem de 15 dias de navio a Montevidéu, no Uruguai. Durante a curta estadia da seleção no Mundial, um jogador destacou-se: o volante Fausto, do Vasco, que ganhou o apelido de "Maravilha Negra" pelo futebol elegante apresentado”. Relatou a busca feita no site da UOL,  pela internet. A Pesquisa,  também faz parte da ideologia do “Cultura Valorizada’, que é incentivar, a partir desta nova democrata ação sociocultural da Prefeitura de Rio Verde, o estudo Antropológico dos povos, o estudo do comportamento humano, a partir das culturas existentes no Universo, que podem ser expressadas através de inúmeras manifestações artísticas. Novas informações no site da Prefeitura de Rio Verde, semana que vem.  Aguardem!   RIO VERDE E AMARELO - AQUI A CULTURA É VALORIZADA            Seleção brasileira - Primeira COPA do MUNDO - 1930 - Uruguai

Compartilhe notícia:

Telefones úteis

Lista telefones da Prefeitura

Executivo

Gabinete do Prefeito

64 3602-8030

Órgãos e Empresas Públicas

Procuradoria Geral do Município

64 3602-8026

AMT - Agência Municipal de Mobilidade e Trânsito

64 3620-2069 / 3620-0007 e 156

IPARV – Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores de Rio Verde

64 2101-7100 , 2101-7101, 2101-7102

PROCON

64 3602-8600

AMAE/RV - Agência de Regulação dos Serviços Públicos de Saneamento Básico

64 3620-2065 / 9 9264-3896

Hospital Materno Infantil Augusta Bastos (HMIAB)

64 36

Ouvidoria - Prefeitura de Rio Verde (GO)

64 3602-8080

Departamentos

CMEI Professora Judith Iara Alves Augusto

64 99284-7521

EMEF Professora Maria Dulce Rocha Duarte Barbosa

64 3620-2011 / 9 9278-2472

CMEI Caminho da Vida

64 3620-3228

Secretarias

Secretaria de Planejamento e Gestão

64 3602-8040 / 3602-8087

Controladoria Geral do Município

64 3602-8055

Secretaria de Assistência Social

64 3602-8800

Secretaria de Turismo

64 3620-2146

Secretaria da Fazenda

64 3624-2400 / 2413

Secretaria de Educação

64 3602-8200

Secretarias

Secretaria de Saúde

64 3602-8100 - 64 3602-8123

Secretaria de Ação Urbana e Serviços Públicos

64 3620-2131 / 3620-2141

Secretaria Infraestrutura Urbana

64 3602-7200

Secretaria de Infraestrutura Rural

64 3620-0012

Secretaria de Desenvolvimento Econômico Sustentável

64 3620-4130

Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento

64 3612-1944

Secretaria de Esportes e Lazer

64 3620-2081, 3620-2042, 3620-2119

Secretaria de Meio Ambiente

64 3602-8400

Secretaria de Comunicação Social

64 3602-8001

Secretaria de Cultura

64 3620-2071

Secretaria de Habitação e Regularização Fundiária

64 3602-1281 / 64 992241507