ACESSIBILIDADE
TAMANHO DA FONTE:
A+
A
A-
  • serviços Cidadão

  • serviços Empresa

  • serviços Servidor

  • consulta Processos

  • Acesso à
    Informação
+
postado em 22 fev 2007 em Secretaria Infraestrutura Urbana

Chuvas e lixos prejudicam o Meio Ambiente: Secretaria vai reforçar a fiscalização

Na manhã de hoje, 22, o secretário de Agricultura e Meio Ambiente, Paulo Martins, participou de um programa de rádio local. Durante a entrevista, ele falou das medidas que serão tomadas em defesa ao meio ambiente, que vem sofrendo em função das fortes chuvas, que causaram o acidente na represa da Fesurv, e dos maus hábitos da população, que joga lixo às margens dos Córregos.   Questionado sobre o assoreamento do córrego, à rua Umbelino Fonseca no Conjunto Morada do Sol, onde também existe mato e lixo, Paulo Martins justificou com o fato do rompimento da barragem e das pessoas jogarem lixo no local. Segundo ele, já tinha sido iniciado um serviço na parte baixa dos Córregos Sapo com o Barrinha. “Agora o que se pretende fazer aqui é recuperar o leito normal do Córrego. E este será um trabalho gradativo, de continuação ao que já foi iniciado na parte mais baixa, e que virá subindo como foi feito no ponto perto do Ministério do Trabalho”, adiantou o Secretário.   Na ocasião, Paulo Martins confirmou ainda a existência de um projeto de canalização, mas destacou que este demanda muito recurso e sua prática fica inviável só com recursos do Poder Público Municipal. Apesar disso, ressalta Paulo Martins: “existe um projeto no Ministério do Meio Ambiente no Ministério das Cidades para se trabalhar toda a canalização, inclusive as avenidas laterais”, informa.   Com relação aos entulhos acumulados às margens do Córrego, ele explicou que existe uma fiscalização ligada à secretaria de Ação Urbana e adiantou que os vereadores autorizaram, na ultima seção, a realização de um concurso para contratação de fiscais. O edital deverá ser lançado nos próximos dias. “Hoje os fiscais que temos são da secretaria de Ação Urbana e eles têm feito um trabalho, dentro de suas possibilidades. Por meio do concurso, contrataremos mais pessoas a partir de março para que possamos reforçar essa fiscalização”, disse Martins.   Quanto ao acidente na represa da Fesurv, o Secretário observou que na mesma semana do acontecido, a Secretaria estava trabalhando em um sistema diferente, em parceria com a Saneago, para a conservação do solo às margens das nascentes do Ribeirão Abóbora e da Laje. Na região da Laje, segundo Paulo, o trabalho foi todo realizado. “A Prefeitura recupera e levanta o terraço, enquanto a Saneago contribui com o óleo diesel e os produtores doam alimentação e fazem a retirada das cercas”, enfatiza.   Ele explica ainda que do lado do Abóbora - que corresponde até 65% do abastecimento do município - também foi começado esse trabalho. “Os produtores já estão retirando as cercas e o Ministério Público tem sido parceiro também nesse processo. E tivemos também um curso em áreas degradadas, com o Senac, feito na propriedade com os produtores rurais daquela localidade. Fizemos o primeiro em janeiro e faremos mais três ou quatro ao longo desse ano, em parceria com o Senac”, diz o Secretário.   Sobre a estação de tratamento de esgoto, Paulo Martins reforça que ela foi feita para se devolver a água com qualidade adequada e questiona o fato de proporem a cobrança de uma taxa adicional para que a água devolvida seja 100% tratada, enquanto isso já era obrigação da Estação dela há muito tempo. “Estamos fazendo o monitoramento dela de novo, pedimos uma equipe técnica da agência ambiental fazer a coleta e a análise correta, já que temos resultados de que o coliforme era um pouco acima do estabelecido pela legislação. Condições ela tem porque foi dimensionada pra isso”, esclarece.

Compartilhe notícia:

Telefones úteis

Lista telefones da Prefeitura

Executivo

Gabinete do Prefeito

64 3602-8030

Órgãos e Empresas Públicas

Procuradoria Geral do Município

64 3602-8026

AMT - Agência Municipal de Mobilidade e Trânsito

64 3620-2069 / 3620-0007 e 156

IPARV – Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores de Rio Verde

64 2101-7100 , 2101-7101, 2101-7102

PROCON

64 3602-8600

AMAE/RV - Agência de Regulação dos Serviços Públicos de Saneamento Básico

64 3620-2065 / 9 9264-3896

Hospital Materno Infantil Augusta Bastos (HMIAB)

64 36

Departamentos

CMEI Professora Judith Iara Alves Augusto

64 99284-7521

EMEF Professora Maria Dulce Rocha Duarte Barbosa

64 3620-2011 / 9 9278-2472

CMEI Caminho da Vida

64 3620-3228

Secretarias

Secretaria de Planejamento e Gestão

64 3602-8040 / 3602-8087

Controladoria Geral do Município

64 3602-8055

Secretaria de Assistência Social

64 3602-8800

Secretaria de Turismo

64 3620-2146

Secretaria da Fazenda

64 3624-2400 / 2413

Secretaria de Educação

64 3602-8200

Secretarias

Secretaria de Saúde

64 3602-8100 - 64 3602-8123

Secretaria de Ação Urbana e Serviços Públicos

64 3620-2131 / 3620-2141

Secretaria Infraestrutura Urbana

64 3602-7200

Secretaria de Infraestrutura Rural

64 3620-0012

Secretaria de Desenvolvimento Econômico Sustentável

64 3620-4130

Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento

64 3612-1944

Secretaria de Esportes e Lazer

64 3620-2081, 3620-2042, 3620-2119

Secretaria de Meio Ambiente

64 3602-8400

Secretaria de Comunicação Social

64 3602-8001

Secretaria de Cultura

64 3620-2071

Secretaria de Habitação e Regularização Fundiária

64 3602-1281 / 64 992241507